VIAGEM À LUA SEM CONTAGEM REGRESSIVA

Quem nunca sonhou em viajar para a lua?

Flutuar livremente, deixando que a falta de gravidade se encarregue do seu peso corporal e emocional?

Sentir-se distante dos problemas cotidianos, do tempo, vivendo momentaneamente num cosmo particular?

Num banho de ofurô

Um passeio lúdico como este parece que só está ao alcance da Nasa, ou impresso nas páginas dos livros de Saint-Exupéry, mas na Will Arte, em São Paulo, o sonho coincide com a realidade permitindo que a mesma sensação de leveza seja usufruída quando e onde se desejar, através dos Banhos de Ofurô.

“Por estar imerso na água o corpo se isenta da ação da gravidade, promovendo a expansão e leveza do organismo.

Mente e espírito se gratificam com o banho, que passa a ser quase uma terapia, daí a relação com uma pequena viagem a lua” esclarece Will.

Fã de imersão

Apaixonado por banho, o arquiteto e idealizador da Will Arte, chegou até a entrar em caixa d`água adaptada numa lavanderia quando ainda não sabia fazer tinas.

Há cinco anos, dominou a técnica de vergar madeira e iniciou a produção das banheiras.

“A porcentagem de pessoas que adoram água e banhos de imersão não é grande, mas quem faz parte desse pequeno extrato não vive sem isso.

A China e o Japão desenvolveram esta cultura de maneira secular, e qualquer coisa que tenha séculos na tradição humana, tem profundidade” complementa.

Cultura Japonesa

Sagrado. Assim os descritivos mais antigos da cultura japonesa rotulam o ato do ofurô.

Foi durante o primeiro momento de purificação com água, que um casal de deuses mitológicos gerou a padroeira e ancestral da linhagem imperial do Japão, a deusa Amaterassu.

E com respeito divino, a ação de banhar-se virou tradição da beleza japonesa, agregando ao ritual cuidados com o corpo, relaxamento mental e a renovação espiritual.

No Japão, as casas de banho comunitário são de uso comum de homens e mulheres, com alas separadas, e as novas gerações dão continuidade a esta cultura.

Para eles o banho é uma arte, com um vasto universo de possibilidades, no qual a breve ducha de chuveiro dos ocidentais nem tem inserção.

Zen

A terapia do ofurô vai além do fator higiene, ela equilibra e renova as energias vitais do corpo, age na prevenção e cura de doenças, e rejuvenesce.

O princípio ativo das águas combinado com o aroma natural da madeira tem efeito calmante e propicia a depuração dos sentidos.

A viagem à lua tem duração indeterminada, pode ser romântica ou, se preferir, contemplada como um momento de reflexão individual, onde o presente reverencia o passado, e o tempo para.

O banho de ofurô é o próprio elixir da alma, e após o embarque é fechar os olhos e deixar a imaginação pairar nesta relaxante galáxia.

Outros Releases